Laboratório de Biologia Celular

O LBC tem por missão realizar atividades de pesquisa, inovação e ensino na área de Ciências Biológicas e da Saúde, para promover a formação de jovens pesquisadores. Para isso, são utilizadas ferramentas moleculares, celulares, farmacológicas e nanobiotecnológicas para compreender o funcionamento das interações celulares nos aspectos imunológicos, morfológicos e fisiológicos em diferentes condições fisiopatalógicas, incluindo inflamação, diabetes, tumores e disfunções imunológicas.

O LBC iniciou suas atividades em 2009 com propósito de desenvolver atividades de pesquisa com abordagem multi- e interdisciplinar, sendo capaz de fornecer a base racional para compreensão e tratamento de condições fisiopatológicas. Neste Laboratório, estudantes de graduação e de pós-graduação, assim como pós-doutores, encontram-se ativamente envolvidos com as cinco linhas de pesquisas gerais do laboratório:

  • Terapêutica experimental;

  • Proteínas de matriz extracelular e sua função na migração celular;

  • Interações imunoneuroendócrinas;

  • Biologia do envelhecimento celular;

  • Biologia do trofoblasto e doenças gestacionais.

O LBC possui infra-estrutura disposta numa área de 225 m2. Esta área encontra-se subdividida em ambientes que permitem a realização de experimentos in vivo e in vitro, com destaque para modelos experimentais sobre comportamento animal, morfo-histologia, fisiologia, culturas de células humanas e de animais, diversas metodologias funcionais in vitro, expressão protéica e gênica e silenciamento gênico.

Integrantes: Emiliano de Oliveira Barreto (PQ1D); Salete Smaniotto (PQ2); Alexandre Urban Borbely; Maria Danielma dos Santos Reis; Jamylle Nunes de Souza Ferro.

Juliane Pereira da Silva (Técnica de Laboratório)


O LBC tem caráter multiusuário e, portanto, atende vários pesquisadores/docentes e pós-graduandos da UFAL.

Equipamento: Citômetro de Fluxo FACSCanto II.

O FACSCanto é um equipamento de análise que funciona com três lasers, o azul (488nm), o vermelho (633nm) e o violeta (405nm). O equipamento produzido pela Becton & Dickinson, permite uma análise multiparamétrica de amostras biológicas em suspensão por meio de sistemas óptico, fluido e elétrico integrados. Quando um feixe de luz (laser) é direcionado a uma suspensão em fluxo (a amostra biológica), as amostras promovem a dispersão frontal ou lateral do laser ou absorvem o laser e emitem luz em diferentes comprimentos de onda, possibilitando a análise de características, como tamanho, granulosidade e intensidade de fluorescência. O equipamento é utilizado em análises imunológicas, hematológicas, de apoptose, ciclo celular, proliferação celular, de grande relevância às pesquisas básicas e clínicas, na área de medicina humana, medicina veterinária, ciências farmacêuticas, biotecnologia, física e materiais.


AVISO IMPORTANTE: Informamos que atualmente o laser violeta está inoperante.


Localização:

Laboratório de Biologia Celular

Núcleo de Pesquisa Multidisciplinar (Severinão)

Universidade Federal de Alagoas (UFAL)

Campus A.C. Simões. Av. Lourival Melo Mota, s/n.

Tabuleiro dos Martins, Maceió-AL, Brasil. CEP: 57072-970


Técnica responsável: Juliane Pereira da Silva


Reserva/Regras de Uso

As reservas podem ser feitas pelo próprio pesquisador ou pós-graduando interessado pelo e-mail juliane.silva@icbs.ufal.br.

O custeio das análises será de total responsabilidade do requisitante que deverá fornecer todos os insumos para realização das suas análises, não sendo cobrado valore para a utilização do equipamento.

O horário de uso do equipamento ocorre em horário comercial (de 08h às 12h e de 14h ás 18h).